Qual a importância das braçadeiras para as obras com andaimes?


17/04/2018 -

Você sabe quais são as peças mais importantes na hora da montagem de estruturas para trabalho em altura?

As braçadeiras são as peças responsáveis pela segurança da junção de dois módulos que farão parte de uma estrutura de andaime. Elas funcionam utilizando um mecanismo que pressiona e trava os tubos de modo que fiquem unidos com firmeza e assim é possível dar continuidade à elaboração da estrutura desse equipamento de maneira segura e sem riscos.

Afinal, segundo a norma NR 18.15.29 o andaime deve ser uma armação elaborada de modo conveniente a eliminar qualquer risco de oscilação e são as braçadeiras que garantem esse aspecto.

Particularidades e benefícios das braçadeiras

Isso quer dizer que não basta apenas construir uma plataforma que suporte bem o peso dos trabalhadores e seus materiais, também é necessário empregar o uso de algum equipamento que impeça que o andaime balance de um lado para outro conforme esses profissionais se movimentem no alto do esqueleto. E é aí que entram as braçadeiras.

Pois é, as braçadeiras podem ser pequenas, em comparação a todo o resto da edificação do andaime, mas como vimos, cabe a elas boa parte da segurança no trabalho sobre andaime. E como os andaimes são estruturas muito resistentes e versáteis, existem diferentes tipos de braçadeiras, cada uma voltada para determinada funcionalidade, mas todas partindo do mesmo princípio, a utilização da força mecânica, como meio de proporcionar mais estabilidade. Entre as diferentes braçadeiras disponíveis no mercado, a mais conhecida é chamada de braçadeira de ligação.

A braçadeira de ligação trata-se de um mecanismo que permite a junção mais de duas partes, por isso por vezes pode ser conhecida como “nó de três braçadeiras”. Para instala-las é necessário o auxílio de um profissional familiarizado.

Mas ainda há os modelos de braçadeiras chamados de "engastado” e "articulado”.

Medidas de segurança para a braçadeira

Mas para que os andaimes possam representar segurança total, é preciso levar em consideração a responsabilidade pela montagem e configuração adequada das plataformas. E acredite, esse é um trabalho minucioso, que exige tempo e preparo por parte do profissional.

Para cada montagem deve-se atentar para a carga permitida indicada pelas agências reguladoras do setor e escolher a braçadeira adequada. Para se ter uma ideia, a norma estabelece que, a carga máxima para a braçadeira fixa deve ser de até 800kg, enquanto que a para a braçadeira giratória essa medida cai para 400 kg, o mesmo para a braçadeira de perfil.

E não é apenas no quesito braçadeira que essa atenção é necessária. Todas as etapas de estruturação precisam ser respeitadas e a mais importante delas é a instalação adequada desses recursos.

Essas peças garantem ainda mais resistência nas plataformas e por consequência a segurança dos trabalhadores e pedestres.

Os perigos do improviso.

Quando o assunto é trabalho em altura, o improviso representa um risco grave, por isso não prejudique a sua estrutura empregando materiais inadequados sobre o andaime ou realizando instalações apressadamente.

Como vimos, as braçadeiras devem ser instaladas com cautela, seguindo as orientações do fabricante e só assim é possível assegurar o sucesso da sua empreitada. Afinal, na hora da elaboração do andaime, leva-se em conta o peso do profissional, da própria estrutura e os riscos da altura.

Assim, procure sempre verificar as condições dos seus andaimes e braçadeiras durante a fiscalização padrão, que deve ser realizada por profissional habilitado pelo menos uma vez por dia, e caso note alguma alteração faça a manutenção da estrutura. E lembre-se sempre se não sobrecarregar o andaime com ferramentas que não vai utilizar.

Braçadeiras são excelentes recursos, mas a prudência e a responsabilidade, ainda são diferenciais numa obra de sucesso.

Qual a importância das braçadeiras para as obras com andaimes?