As perspectivas para os setores de engenharia e construção em 2022

As perspectivas para os setores de engenharia e construção em 2022

Em 2021 começou a recuperação da crise iniciada em 2020 pela pandemia de Covid-19. Para 2022, a expectativa é de que o segundo ano da recuperação seja mais forte que o primeiro, sendo que o setor de infraestrutura tem um grande papel na retomada do plano de crescimento das nações.

Além disso, historicamente os anos eleitorais são bons para o setor da construção civil com o aumento dos gastos públicos, principalmente em programas de logística e transporte. Mas, apesar das perspectivas positivas, um ponto de atenção para o próximo ano é o cenário de juros básicos mais altos, medida prevista pelos economistas para aplacar a inflação.

No mercado imobiliário, houve um incremento nos lançamentos e vendas em 2021. O número de unidades lançadas neste ano está 24,59% maior que em 2019, segundo dados da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Além disso, as vendas de imóveis também cresceram expressivamente, com 42,29%, usando a mesma base de comparação.

Os números de 2021 são animadores e trazem boas expectativas para o próximo ano, mas é importante lembrar que os aumentos sucessivos nos custos do setor ao longo de 2021 ainda não foram repassados para o consumidor final, ou seja, em 2022 o preço dos os imóveis deve sofrer reajustes. De janeiro a novembro deste ano, o Índice Nacional de Custo de Construção (INCC) sofreu um reajuste de 13,46%, maior patamar desde 2003.

Confira a seguir os materiais que mais tiveram aumento em 2021:

Fonte: Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC)

Para 2022, prevê-se um crescimento de 2% para o setor da construção, segundo a CBIC, sendo que o resultado projetado fica acima da expectativa do PIB brasileiro, com previsão de crescimento entre 0,5% e 1%. O crescimento esperado da construção civil está relacionado ao ciclo de negócios em andamento. Em outras palavras, são as vendas crescentes dos últimos meses que gerarão as obras e empregos que veremos em 2022.

Sendo assim, o setor da construção precisará contar com um alto volume de novos negócios para que as expectativas de crescimento continuem positivas e o ciclo de alta não seja interrompido. 

O cenário da construção para 2022 está desenhado, mas o desempenho do setor ficará atrelado a fatores condicionantes, descritos pela CBIC de forma ilustrativa:

      Fonte: Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC)

Em resumo, prevê-se que em 2022 o setor de construção continue em alta, mas este ciclo positivo pode ser interferido por condicionantes como a alta de juros e a redução do ritmo de atividade, com a queda de novos negócios. Por outro lado, o ano eleitoral historicamente impulsiona gastos em obras, que devem trazer retornos positivos para a construção.

A Pashal conta com os melhores equipamentos para que sua empresa usufrua do momento positivo do setor da construção. Entre em contato com um de nossos especialistas e faça seu orçamento clicando neste link.

Inscreva-se!

Para receber os conteúdos Pashal

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Siga nossas redes sociais

    Conheça a
    Pashal

    Com mais de 30 anos de experiência a Pashal é referência para diversas áreas de atuação. Saiba mais no botão abaixo

    Inscreva-se!

    Para receber os conteúdos Pashal