Compliance na construção civil: entenda o que é e por que adotar

O compliance tornou-se um tema de grande importância na construção civil, em especial após a Operação Lava Jato, já que muitas empresas envolvidas em esquemas de corrupção eram do setor. O impacto negativo na confiança dos clientes em construtoras e outras do segmento foi enorme e por isso fez-se necessário que essa estratégia fosse implantada e fortalecida. 

A maior parte das empresas já entendeu a importância da temática ESG para seus negócios, segundo pesquisa da Fundação Tide Setubal e Instituto Silvis. A pesquisa analisou o comprometimento de empresas brasileiras com a democracia e ESG (governança ambiental, social e corporativa) e apontou que para a maioria dos entrevistados, o tema mais importante para eles é compliance. 

Como o empresariado brasileiro vê o compliance

De acordo com a pesquisa, para 62,3% dos entrevistados, o compliance e práticas de governança são os assuntos mais importantes em ESG. Os empresários ouvidos são de corporações de diferentes portes. 

Esse número é ainda maior entre os ouvidos que pertencem a empresas de grande porte, 78,9% deles acham que esse é o tema mais importante da temática ESG. 

Mas o que é compliance? 

A palavra deriva de “to comply”, do inglês que significa em tradução literal “cumprir”, “obedecer”. Significa estar de acordo com as regras e a ordem. 

Seguir as normas, tanto de governança corporativa, quanto gerais como obrigações trabalhistas, regulatórias, fiscais, entre outras, significa estar em compliance.  

Benefícios para as construtoras com o compliance

A imagem ética e de confiança é importante para atrair stakeholders e essa iniciativa não é algo complexo e nem caro, e traz grandes benefícios. 

Hoje a sociedade está muito mais vigilante com as marcas, e buscam prestigiar empresas que prezam por cumprir seus valores, e tende a rechaçar aquelas que não obedecem a legislação, como, por exemplo, aquelas que não garantem os direitos trabalhistas de seus colaboradores. 

Uma construtora que segue as normas é mais segura para seus clientes, já que há uma vasta legislação a ser seguida que fornece diretrizes para o setor, e aquelas que se preocupam com a segurança dos trabalhadores em suas obras, consequentemente registram menos acidentes de trabalho. 

Além disso, empresas devidamente regularizadas e licenciadas, que respeitam todos os processos legais, têm mais facilidade para conseguir concessões em licitações públicas, que são ótimas oportunidades de visibilidade no mercado. 

Como investir em compliance? 

Outra vantagem do compliance, é que não exige investimentos grandiosos, apesar do retorno ser muito bom. 

É necessário ter uma equipe voltada para analisar os processos legais e as normas da própria empresa, como aplicar as atividades diárias da maneira correta. Em tese, essa equipe já deveria existir em todas as corporações. 

Esse investimento volta para a construtora em forma de menos problemas legais, acidentes de trabalho, aumento da confiança na sua marca, e mais clientes. 

A Pashal já é referência no setor de construção civil, e está há mais de 30 anos no mercado graças à confiança que conquistou e manteve por todo esse tempo entre seus clientes e sociedade. A empresa une tecnologia, qualidade e segurança em obras e construções, mantendo uma relação de respeito e confiança.

Inscreva-se!

Para receber os conteúdos Pashal


    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Siga nossas redes sociais

    Conheça a
    Pashal

    Com mais de 30 anos de experiência a Pashal é referência para diversas áreas de atuação. Saiba mais no botão abaixo

    Inscreva-se!

    Para receber os conteúdos Pashal