Estamos na era das Cidades inteligentes?

Conheça as 5 principais novas propostas de construção

A construção civil não para de crescer, e um grande dado que comprova isso, é que o número de pessoas empregadas no setor avançou 0,9% no segundo trimestre de 2019 de acordo com o IBGE. Para você entender melhor esse crescimento, nós separamos para você as tendências que serão decisivas para o futuro da construção nos próximos dez anos. Em todos os níveis, desde o projeto conceitual, construção, manutenção, dispositivos digitais inovadores, aplicações e metodologias estão deixando sua marca na indústria da construção

Digital twins

Um “gêmeo digital” – ou réplica digital – pode auxiliar projetos de construção, acelerando e automatizando o projeto tradicional, a produção e os processos operacionais. Como tal, pode servir como fundamental  para a pré-fabricação e como um caminho mais vantajoso para alcançar a eficiência industrializada.

Nada muda quando falamos que a construção continua sendo uma indústria descentralizada, com interfaces sobrepostas e ineficientes entre o projeto, a construção e a operação. Um gêmeo digital basicamente fornece uma representação virtual de ativos físicos e / ou projetos, incluindo todas as informações desde a base até a construção e operação final. Ao conectar planos, dados de engenharia, geográficos e etc. O gêmeo digital pode analisar também todos os dados recebidos e usá-los para a melhoria contínua até a entrega do projeto ou na preparação dos próximos. Proporcionando grandes benefícios em termos de resposta às mudanças, melhoria das operações e agregação de valor. Eles podem ser usados ​​para construção, gerenciamento de edifícios e fábricas, até mesmo implantação de cidades inteligentes.

Drones

Você sabia que drones fornecem às equipes de construção uma visão aérea dos locais de trabalho, materiais, máquinas e pessoas? 
Sim, os empreiteiros estão usando as máquinas voadoras autônomas para gravar imagens e vídeos que ajudam a otimizar tudo, desde planos de nivelamento e operações até a identificação de diferenças entre os planos do local projetados e executados. Sua utilidade pode ser aumentada com câmeras térmicas e outros complementos, como ferramentas de mapeamento e unidades de GPS. Além disso, o uso de drones pode afetar a segurança da força de trabalho. Durante a construção, é muito mais seguro acessar áreas perigosas ou de difícil acesso sem os riscos de saúde e segurança correspondentes da inspeção por um indivíduo. Eles também podem ser usados ​​para mapear mudanças no projeto, rastreando quaisquer erros em tempo real na construção, que podem ser alimentados em um gêmeo digital.

DfMA

A sigla DFMA (design for manufacture and assebly) designa o desenvolvimento do produto desde o início da atividade ou criação, visando uma manufatura e uma montagem muito mais simples e econômica. 

A ideia principal é criar um projeto para permitir a manutenção baseada em drones, isso nos leva a projetar usando o método DfMA. Embora muitas indústrias tenham adotado tecnologia para aumentar a personalização e customização para impulsionar os mercados, este é um desenvolvimento relativamente novo na construção.O que o DfMA exige é que o processo de design resulte em objetos e / ou materiais fáceis de fabricar ou montar. Pode ser um design modular, o uso de impressão 3D ou até mesmo laboratórios de construção locais, permitindo que peças e substituições sejam fabricadas de acordo com as especificações no local.

Realidade aumentada

Esse é uma ótima experiência de realidade virtual para mostrar aos investidores e compradores em potencial como algo pode ser no futuro, pois oferece uma sobreposição de visões do mundo real. Para isso, planos 3D e até mesmo hologramas de modelos virtuais são utilizados para melhorar a compreensão do projeto e facilitar a execução dos projetos. 

Durante a construção, a capacidade de ver através das paredes e entender o caminho das instalações técnicas facilita o processo, reduz a possibilidade de erros e até orienta a construção. Isso significa que informações sobre tarefas detalhadas, alertas de segurança e outros tipos de suporte podem ser fornecidas para o que os trabalhadores estão vendo em tablets ou por meio de smart glasses e até mesmo capacetes. 

Com toda essa inovação é garantido que esse segmento será mais leve e desenvolvido. Conta para gente qual das inovações você mais tem usado?