Manutenção dos equipamentos de uma obra

11/03/2019 –

Na construção civil um dos fatores mais importantes para garantir os cumprimentos dos prazos de uma obra e também a segurança dos trabalhadores é a realização adequada da manutenção dos equipamentos.

Apesar do conhecimento sobre a importância da manutenção dos equipamentos, muitos profissionais têm dúvidas sobre como realizá-la corretamente, como funciona em casos de locação e quais os tipos de manutenção existem. Confira a seguir essas informações e garanta maior eficiência e segurança na sua obra!

Como fazer manutenção dos equipamentos?

manutenção dos equipamentos depende do tipo de necessidade identificada. Ainda assim, existem alguns cuidados constantes que podem ser adotados com o objetivo de aumentar a vida útil dos itens usados nas obras, entre eles podem ser destacados:

  • Deve-se manter a limpeza dos equipamentos da obra fazendo isso todos os dias após o uso, por exemplo, tirando o excesso de concreto da betoneira depois de usá-la;
  • Os equipamentos devem ser guardados em local adequado após o uso, garantindo que não fiquem expostos à chuva e ao sol desnecessariamente, o que reduz a vida útil deles;
  • A organização do canteiro de obras também interfere na manutenção dos equipamentos, pois permite que todos eles sejam verificados e devidamente cuidados.

Assim, a manutenção envolve diferentes fatores, não relacionados apenas com o conserto dos itens em caso de quebra ou dano.

Como é a manutenção quando os equipamentos são locados?

É comum que haja dúvidas quanto à manutenção dos equipamentos em caso de locação. É importante destacar que os cuidados com os itens devem ser permanentes, visando garantir maior vida útil e uso adequado deles, mas no caso da locação, a empresa especializada é responsável por essa demanda.

Dessa forma, qualquer quebra ou substituição de equipamento que seja necessária é realizada pela empresa parceira imediatamente, evitando riscos de atraso na obra e descumprimento dos prazos de entrega.

A assistência em tempo integral é um grande diferencial dessas empresas, aumentando a segurança e eficiência no canteiro de obras. Mesmo com os equipamentos locados é fundamental manter os cuidados básicos de limpeza, conservação, exposição e uso.

Quais os tipos de manutenção necessários durante a obra?

Muitos profissionais acreditam que a manutenção de equipamentos é uma só, entretanto, ela pode ser de diferentes tipos, sendo importante conhecê-los para efetuar um cuidado adequado. Conheça a seguir!

Manutenção preditiva

A manutenção preditiva corresponde aos procedimentos realizados para verificar os equipamentos durante o uso, identificando fatores que possam danificar o maquinário e acessórios usados na obra.

Por meio dessa manutenção é possível reduzir os índices de falhas e avarias, sendo também usada para aumentar a segurança no canteiro de obras, minimizando os níveis de periculosidade no uso dos equipamentos.

Manutenção preventiva

Esse tipo de manutenção é chamado também de “pausa programada”, correspondendo a um procedimento no qual são paralisadas as atividades no canteiro de obras visando verificar todos os componentes que possam comprometer o funcionamento adequado do maquinário, sendo realizadas substituições e reparos.

A manutenção preventiva deve ser realizada cm um planejamento antecipado para não prejudicar os prazos da obra. Esse processo contribui para a redução dos acidentes, melhor funcionamento dos equipamentos e redução de custos com reparos e quebras.

Manutenção corretiva

O tipo menos desejado de manutenção de equipamentos é a corretiva, pois ela torna-se necessária quando aconteceram falhas ou ineficiência na preditiva e preventiva, resultando em algum problema que pode provocar, inclusive, acidentes.

Esse tipo de ocorrência é mais custoso, pois exige a interrupção das atividades no canteiro de obras, correndo o risco de prejudicar os prazos de entrega e diminuir a produtividade da equipe. Em caso de locação de equipamentos, pode-se solicitar a substituição do maquinário com problema com a empresa contratada sendo resolvido em pouco tempo.

Entretanto, no caso de maquinário próprio pode ocorrer à interrupção da obra por dias até que haja o conserto do equipamento ou compra de um novo.

Assim, é fundamental realizar a manutenção dos equipamentos da obra evitando a situação na qual a falta desse cuidado resulte em prejuízos e atrasos. O aluguel torna-se também uma opção vantajosa por proporcionar segurança para esses casos.