Como alcançar sucesso no planejamento e controle de obras

Como alcançar sucesso no planejamento e controle de obras

A gestão de uma obra civil carece da atenção de um gestor com visão holística de todo processo. São de responsabilidade do gestor de obras realizar a análise dos projetos para compreender a edificação, analisar medidas e supervisionar a empreiteira – sendo a construção terceirizada ou própria. Além disso, é o gestor de obras quem administra e faz a gestão da compra, recepção, estocagem e a aplicação dos materiais necessários na obra.

Além disso, o gestor de obras deve zelar pela segurança de todos os envolvidos na obra e assegurar a execução do calendário dentro do prazo – um dos maiores desafios do cargo.

Diante das diversas atribuições, algumas características devem ser inerentes a quem ocupa o cargo para garantir uma entrega de sucesso.

Disciplina e organização

Do projeto à entrega da obra finalizada existe um processo longo e tortuoso. Para não perder os detalhes, o gestor de obras deve se guiar por um planejamento detalhado, tendo prioridades diárias, semanais e periódicas a serem desenvolvidas. Neste processo, a disciplina ajuda a garantir que nenhum aspecto da obra seja negligenciado.

Já a organização é fundamental para que o status de cada setor ou atividade da obra possa ser fornecido rapidamente, o que ajuda na identificação de possíveis problemas ou adiantamento de necessidades, como a compra de materiais. A organização também é essencial para que partes distintas da obra possam ser conectadas, seja por meio do status de um processo ou para previsão de próximos passos.

Gestão de pessoas

O gestor de obras comanda equipes que precisam estar alinhadas entre si e cientes do que é esperado delas. O papel de mediador das relações entre as equipes é feito pelo gestor de obras, que também deve verificar o andamento do trabalho e oferecer comentários sobre o que as equipes executam.

Neste trabalho diário, a proximidade com as equipes bem como a forma de se comunicar com elas ajudam a manter o alinhamento das tarefas, o direcionamento e o desenvolvimento do olhar crítico aos detalhes.

Negociação

Do orçamento aos últimos acabamentos de um projeto, o gestor de obras precisa negociar. Os valores dos materiais, equipamentos precisam ser debatidos para que seja encontrada a melhor alternativa, aquela que esteja em harmonia com a realidade financeira do projeto.

Mas, além da negociação de preços, o gestor de obras precisa negociar prazos com fornecedores e equipe, para garantir que cada etapa seja entregue no prazo. Acompanhar o andamento das demandas, prazos, custos e outras atividades estão na alçada do gestor de obras. Este agente tem no cargo a responsabilidade de oferecer ao seu superior uma visão ampla da obra e existem diversas formas de gerenciar todas as informações e processos que precisam de acompanhamento.

Inscreva-se!

Para receber os conteúdos Pashal

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Siga nossas redes sociais

    Conheça a
    Pashal

    Com mais de 30 anos de experiência a Pashal é referência para diversas áreas de atuação. Saiba mais no botão abaixo

    Inscreva-se!

    Para receber os conteúdos Pashal