Engenharia e arquitetura: conheça moradias com toques futuristas

Se enganou quem pensou que as casas futurísticas ficariam só na ficção ou em um lugar distante no horizonte como em AI-Inteligência Artificial, Eu Robô, Ela, O Preço do Amanhã…

Quem nunca assistiu aqueles famosos filmes que retratam o futuro e se sentiu no mínimo apaixonado pelo visual das residências?
A boa notícia é que esse padrão de design futurista, diferente dos carros voadores, já é realidade e não precisamos ir muito longe para desfrutar desse visual excêntrico. Confira o artigo que preparamos sobre o tema.

A inovação já chegou para a engenharia civil e a tendência agora é se inspirar no futuro! Pensando nisso, engenheiros e arquitetos desafiam a realidade explorando as possibilidades e desenvolvendo edifícios com designs futuristas e inteligência integrada. 

Dados apontam que só em São Paulo o número de edifícios já passa de 1 milhão, ou seja, cada vez mais as cidades estão crescendo em ritmo vertical e para fazer com que um deles se destaque no “meio da multidão” é preciso ousar!

Bosque privativo, praia artificial e elevador para automóveis são realidades já inseridas em alguns residenciais. O design futurista, assim como as outras tendências citadas, são novas maneiras de inovar e proporcionar uma experiência diferenciada para o morador, resultando também na valorização do imóvel e credibilidade para construtora.

Confira os principais aspectos de um edifício futurista: 

  • Inspiração em elementos de ficção científica.
  • Uso de máquinas e da tecnologia.
  • Foco na atmosfera urbana e industrial.
  • Paisagismo futurista / jardim suspenso.
  • Inserção  de vidro e espelhos.
  • Pé direito alto.
  • Cores neutras.
  • Curvas ousadas.
  • Minimalismo na decoração — menos é mais.

Além da estética, outro ponto importante que vale destacar é a sustentabilidade, visto que o projeto desenvolvido com uma ótica para o futuro deve sempre incluir a preservação do planeta. A incorporação da sustentabilidade pode ser realizada das seguintes maneiras: consumo inteligente de água a partir do uso de coletores de chuva; contar com fontes alternativas de energia, como o uso de painéis solares; iluminação natural; construção consciente – optando por materiais recicláveis e locação de equipamentos.

É impossível não criar expectativas para ver com os próprios olhos a infinidade de novos projetos dessa modalidade que surgirão nos próximos anos. Visto que a modernidade não será apenas nos sistemas integrados, tornando as residências smarts, mas será refletida também em designs mais arrojados e com maior funcionalidade.

Diz aí: você já imaginou morar em uma casa do futuro?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Siga nossas redes sociais

Conheça a
Pashal

Com mais de 30 anos de experiência a Pashal é referência para diversas áreas de atuação. Saiba mais no botão abaixo